Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Neoenergia ganha prêmio por condutas éticas e transparentes nos negócios

Uma empresa comprometida com a ética e a prevenção e combate à corrupção. É esse o reconhecimento conferido ao Grupo Neoenergia com a conquista do Prêmio Pró-Ética, iniciativa do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (MTFC) e do Instituto Ethos, que incentiva as empresas a adotarem e disseminarem práticas lícitas, éticas e transparentes em suas atividades. O prêmio foi entregue na 3ª Conferência Lei Empresa Limpa, nos últimos dias 16 e 17 de novembro, em Brasília. O evento promoveu debates entre autoridades, acadêmicos e representantes de empresas dos setores público e privado sobre a Lei da Empresa Limpa.

Roberto Medeiros, Superintendente de Compliance do Grupo Neoenergia, destacou a importância da premiação para a empresa:
 “Esse prêmio é o reconhecimento público de que a Neoenergia, seus colaboradores e líderes estão efetivamente comprometidos com a ética e transparência nos negócios, e que a integridade, um de seus valores, é para valer, e faz parte do dia a dia da empresa”.

No total, 195 empresas, de diversos portes e ramos de atuação, foram inscritas no Prêmio Pró-Ética 2016. Destas, apenas 25, cerca de 12% do total de participantes, atenderam aos requisitos exigidos nos critérios de avaliação para serem reconhecidas como Empresas Pró-Ética. As empresas foram avaliadas por meio de questionários com perguntas sobre o perfil, atuação e estrutura da empresa. Junto com as respostas, as empresas precisavam enviar evidências para comprovação de suas respostas.

O questionário também incluiu perguntas sobre o Programa de Integridade  do Grupo nos seguintes temas: 
Comprometimento da Alta Direção e Compromisso com a Ética, Políticas e Procedimentos, Comunicação e Treinamento, Canais de Denúncia e Remediação, Análise de Risco e Monitoramento e Transparência e Responsabilidade Social.

Confira mais informações sobre o Pró Ética e sobre a premiação no site do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União:(
http://www.cgu.gov.br